Vantagens do Contrato de Vesting para uma startup

Quando se dá os primeiros passos de um negócio, é comum existir nos empreendedores uma grande preocupação com a proteção do empreendimento aliada a enorme vontade de crescimento.

Buscando atingir esse público, surgiu contrato de vesting, disposto a aliar o entusiasmo, a força de vontade dos empreendedores, a escassez de recursos financeiros e a proteção jurídica, alinhando os interesses das empresas aos de seus funcionários.

O contrato de vesting é, basicamente, um instrumento contratual por meio do qual é oferecida uma futura aquisição de participação na sociedade, a forma mais comum é a fracionada e progressiva. É a junção entre um investimento e a garantia de participação no negócio. Abaixo há um exemplo de como funciona essa forma contratual:

  • O criador da startup contrata um colaborador de alto nível, por exemplo, um programador, e lhe oferece 15% de participação na empresa, porém, ele só terá direito a ela, se permanecer 2 ou 3 anos na empresa, por exemplo, e após cumprir com determinadas tarefas relacionadas ao objetivo da startup.
  • Um ponto crucial é dividir a participação a ser oferecida em parcelas que podem ser conquistadas conforme as metas são atingidas. Assim, quando atingida a primeira meta o colaborador terá direito à 25% do objetivo final; atingida a segunda meta, terá direito a mais 25% e daí em diante. É necessário sempre ter em mente que a proposta deverá ser atrativa para o colaborador, caso contrário, não irá estimular o desenvolvimento da startup.

Logo, o vesting tem o poder de alinhar os interesses dos principais funcionários da empresa com os dos gestores, uma vez que esses funcionários também se tornarão donos do negócio.

No Brasil, muitas startups passaram a ver o vesting como uma alternativa para estimular eventual colaborador a entrar no risco do negócio, trabalhar sem cobrar por seus serviços e contribuir com o crescimento da startup. O Vesting é a personificação do sentimento de dono no funcionário.

Dessa forma, o colaborador trabalha focado no resultado, assim como os sócios, pois nem sempre que funda uma startup acaba continuando nela se não fazer por merecer.

Startups são negócios que crescem muito rápido e por isso, é preciso ter um time preparado, focado no crescimento com o mesmo objetivo, assim, o Vesting consegue se sobressair, recompensando os melhores resultados em face da dedicação de cada funcionário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *